2005/11/07

OS BENEFÍCIOS DA GLOBALIZAÇÃO (1)

Há cada vez mais gente que acredita nos benefícios da globalização. É como se estivéssemos na orla duma rampa escorregadia e preferíssemos deixar-nos escorregar a agarrarmo-nos, por ser mais fácil desistir que combater a fatalidade da queda; por isso, começamos a aceitar a inevitabilidade da globalização e a olhar para os seus efeitos positivos com complacência ou aprovação, rendidos perante a sua inelutabilidade – como se nos consolássemos com a ideia de que, afinal, a queda não é assim tão brusca… Sou totalmente avesso a esta forma de pensar. Odeio o conformismo e os factos consumados, e não é por causa da força de um determinado fenómeno que me vou abster de combatê-lo e denunciá-lo. Mesmo que as minhas causas sejam consideradas perdidas à partida.
A verdade é que os efeitos positivos da globalização não beneficiam senão um punhado de gente, que são os sujeitos activos da globalização: os global players, os especuladores. Temos, decerto, produtos mais baratos graças à «deslocalização» da produção – mas há um outro preço a pagar, que me parece excessivamente elevado. Pensemos nos desempregados que os processos de «deslocalização» geram, e que têm tanta expressão em Portugal; pensemos, também, na asfixia das empresas que não têm meios para «deslocalizar» a produção: como é que podem competir com outras que usam mão-de-obra chinesa ou vietnamita, onde os custos salariais são reduzidos na proporção de 10:1? Não é bom de ver que os beneficiários são os detentores do capital das empresas mais poderosas?
Então que traz a globalização de bom? NADA! Não existe NADA de positivo num processo que visa, na sua essência, a maximização do lucro dos accionistas de empresas. A globalização está a conduzir a um processo de concentração, por via da perda de competitividade de uma miríade de empresas que não podem jogar o mesmo jogo que os grandes grupos económicos. O resultado disto é o encerramento ou a aquisição daquelas empresas, com o consequente crescimento do desemprego, da inflação e dos custos sociais do Estado. O que tem isto de bom para a maioria da população? De novo, a resposta é – NADA!
A globalização nasceu do consumismo, que, por seu turno, nasceu da necessidade de escoar a produção criando novos produtos e necessidades. Para que este escoamento seja viável (e lucrativo), tornou-se necessário reduzir os custos de produção, o que foi conseguido explorando mão-de-obra barata. A produção voltou-se para países onde os custos com a mão-de-obra são irrisórios, à custa dos direitos sociais dos trabalhadores e, por vezes, do recurso ao trabalho infantil. E isto não me parece ser um benefício para a humanidade…

13 Comments:

Anonymous Anónimo said...

vc so fala nos pontos negativos da globalização!?!

9:14 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Isso mais paraesse um desabafo ....

4:11 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

só tem pontos negativos mesmo?

10:30 da tarde  
Blogger Tatiane said...

Este comentário foi removido pelo autor.

9:42 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

axo que por certa parte vc esta certo, mas vc só cita o ponto de linha de produção!e a globalização não inclue só mão de obra de trabalhodores, vc esuqeceu de citar meios de transportes, de comunicação, ou seja é um mundo mais desenvolvido com mais conhecimento, claro de certa forma vc esta certo, mas acho que a globalização tambem tem seu lado bom!

9:12 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

eu acho que isso so faz criticar a globalização

5:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A globalização também há benefícios, não só são pontos negativos.

12:18 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Globalização é bom, mas o jeito que as pessoas fazem proveito dela é que é o problema

4:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

vai se fuder animal!!!

TEXTO INUTIL!!!!

SO FALA DOS MALEFICIOS!!
QUE INUTIL.

VC DIZ Q A GLOBALIZAÇAIO NAO TRAZ NADA!!

A INTERNET É O QUE?!

JUMENTO!!!!!!

10:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

sabe vc só está postando essa matéria porcausa da globalização, sem ela vc aida teria que trocar cartas com seus amigos em vês de falar com eles no msn, então sim a globalização tem seus pontos negativos mas não precisa generalizar.

6:24 da tarde  
Blogger Memematandoderir said...

claro que nao , voce só cita os pontos negativos da globalizaçao , e se nao tivesse beneficios, o mundo nao teria optado por essa política. Ninguem é burro desse jeito né colega?

7:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

anonimo eu queria os pontos positivos

9:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

nunca mais entro nesse site!!!é uma bosta!

12:29 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home